Glossário do surfista: conheça as principais expressões do surf

glossario-do-surfista-mulher-com-duvidas-sobre-o-significado-das-palavras-no-surf

O Glossário do Surfista é para você que acabou de entrar nesse universo, está pesquisando para entender mais e aí se deparou com uma infinidade de termos e informações complexas que precisa passar a se inteirar. Parece ser desestimulante, né?

O universo do surf é tão amplo que pode gerar muitas dúvidas e até mesmo confusão na hora de você pesquisar sobre determinado assunto. Por isso, produzimos este material para que você entenda de forma prática e rápida o significado das principais expressões no universo do surf, e se precisar consultar, é só voltar aqui. Confira!

Letra A

Aéreo

Essa é uma manobra utilizada por surfistas experientes. Ela consiste em ganhar velocidade na onda e  utilizar a onda como impulso para saltar, realizar uma manobra e concluir em pé sobre a prancha.

Aloha

É uma palavra havaiana, utilizada pelos surfistas como forma de saudação, ou como demonstração de respeito. 

Arrebentação

Área da praia em que as ondas quebram, é importante ficar de olho nisso para saber o timing certo de entrar no mar.

Letra B

Backdoor 

É a onda que quebra na direção contrária a onda tradicional do pico. Backdoor de Pipeline, tradicional esquerda do Hawaii, que tem a sua direita chamada de Backdoor 

Back-Paddling 

Essa palavra traduz um dos muitos maus comportamentos dentro da água, o Back-Paddling nada mais é do que roubar a onda de outro surfista.

Backside

Surfar uma onda de costas para ela.

Backside Tail Slide

É uma manobra de costas para a onda,  com deslizamento traseiro da prancha sobre a onda.

Baforada

Aquele vapor de água que sai da onda na  boca do tubo, como se fosse um spray gigante.

Black trunk

Foi um movimento criado pelos surfistas locais havaianos na década de 70, para “proteger” o pico de turistas. Famosos por utilizarem bermudas pretas, davam medo nos estrangeiros.

Hoje, é basicamente sinônimo de localismo no surf.

Bateria ou Heat

É como se fosse um “round” do boxe, ou um “set” do voleibol. As baterias são as rodadas de competição que passam a valer a partir do momento que o surfista cai na água para competir.

Geralmente duram de 20 a 35 minutos e podem ter de dois a quatro surfistas.

Behind the Peak

Manobra usada para pegar tubo, surfista entra na esquerda e vai para a direita, ou vice-versa passando por dentro do tubo.

Big Rider

Surfistas que pegam ondas grandes, que podem chegar até 30 metros.

Board

Prancha em inglês.

Bodyboard

Pranchas menores que são surfadas de forma deitada, com o peito apoiado nela.

Letra C

Crista

Parte de cima da onda

Crowd

É uma multidão de surfistas. Quando um pico tem muitos surfistas, costuma-se dizer que está “crowdeado”. 

Letra D

Deck

É um equipamento opcional no surf. O deck é feito de borracha de EVA, com diferentes formatos, serve para dar mais firmeza aos pés sobre a prancha. Normalmente é colado na parte da rabeta.

 Drop

É um movimento no surf que consiste em sair da posição deitada, para a posição em pé na prancha, enquanto desce a onda.

Letra F

Flat

Quando o mar está calmo, sem ondas.

Free-surfer

Aquele surfista que aprecia a diversão e espírito do surf, sem se preocupar com competições ou disputas. 

Front side

Quando o surfista entra de frente para a onda.

Letra H

Haole

Essa palavra você irá ouvir bastante…Ela pode significar algumas coisas, originalmente ela se refere a surfistas que não são daquele pico, turistas ou estrangeiros. 

Hoje em dia já tem outros significados embutidos, como: surfista que diz que é bom mas não é, algo que não é original do surf, etc…

Letra L

Lay day

Um dia sem ondas. Essa expressão é comum no universo de competições, mas os freesurfers já estão adotando também.

Leash

A cordinha de segurança que liga a prancha ao pé do surfista.

Locais / local

São os surfistas nativos daquele pico, que moram por ali e conhecem o mar de “cabo a rabo”, e às vezes podem se sentir mais merecedores de surfar no pico do que você, por isso, evite tentar roubar o espaço de outro surfista quando estiver em um pico diferente.

Longboard

Pranchas grandes, com mais de 9 pés, utilizadas em um tipo de surf mais clássico.

Letra M

Mahalo

Quer dizer “obrigado” em havaiano.

Maral

É aquele vento que vem do mar e sopra para a terra, deixando as ondas irregulares.

Marola ou Merreca

Ondas pequenas.

Matadream

Apelido usado por locais da praia do Matadeiro, no sul de Florianópolis, para descrever dias de boas ondas nesta praia.

Letra O

Outline

É o formato, contorno, desenho da prancha que o shaper(artesão) desenvolve para as pranchas de surf.

Outside

Ponto do mar após a arrebentação, onde as ondas ainda não quebram.

Letra P

Pad

É a mesma coisa que Deck. O deck é feito de borracha de EVA, com diferentes formatos, serve para dar mais firmeza aos pés sobre a prancha. Normalmente é colado na parte da rabeta.

Parafina

É uma cera com formulação especial  que deve ser passada na parte superior da prancha para dar mais aderência e estabilidade aos pés.

Pés e polegadas

Unidades de medida das pranchas.

  • 1 pé = 30,48 cm = 12 polegadas;
  • 1 polegada = 2,54 cm, ou seja, uma prancha de 6’0’’ tem 6 pés e 0 polegadas, que se equivale a 1,82m.

Pico

O ponto certo para cair na água.

Letra R

Rabear

É uma prática vista com maus olhos no surf. Quando você corta a frente de outro surfista que já vem na onda.

Rabeta

Parte de trás da prancha, “a cauda”.

Letra S

Séries

Sequência de ondas.

Softboard

Pranchas ideais para quem está começando, por ser um modelo de prancha mais macia, proporcionando mais segurança contra impactos, e facilidade para transportar e armazenar o equipamento, além da durabilidade muito maior que as pranchas tradicionais rígidas. E ela é indicada para iniciantes de todas as idades.

Shaper

Avelino Bastos, shaper profissional da Tropical Brasil. Atrás dele um quiver de pranchas da empresa.

O artista responsável pelo design das pranchas. O nosso fera é o Avelino Bastos, premiado por sete vezes consecutivas como o melhor shaper do ano pela revista Fluir.

Shortboard

Pranchas menores, projetadas para facilitar manobras mais difíceis do  surf. Por isso, são pranchas para surfistas mais avançados.

Storm

Condição em que o mar está bagunçado, com ondas irregulares e sem um sentido definido.

Swell

São ondulações formadas por tempestades em alto mar. Elas chegam até a costa e proporcionam ondas incríveis, propícias ao surf.

Letra T

Tail

É a rabeta da prancha, a cauda. 

Terral

Momento em que o vento sopra em direção ao mar. Ou seja, da terra para o mar.

Tomar na cabeça

Quando o surfista pega uma série grande de ondas e não dá tempo de remar nem para o outside (ponto do mar após a arrebentação),  e aí acaba levando várias ondas na cabeça.

Tubo / Tubaço

Quando a onda é grande o suficiente para ter uma parte oca dentro dela, fazendo aquele túnel que todo surfista sonha em estar dentro.

Letra V

Vaca

Quando o surfista cai da onda por falta de equilíbrio.

Letra W

Wax

É outra forma de chamar a parafina, cera que deve ser passada na parte superior da prancha para dar mais aderência e estabilidade aos pés.

E aí, o nosso glossário do surfista te ajudou? Acompanhe as nossas redes sociais para não perder dicas quentes do universo do surf: Instagram, YouTube, Facebook, Linkedin.

One thought on “Glossário do surfista: conheça as principais expressões do surf

  1. Pingback: Como saber o seu nível de surf? Iniciante, intermediário ou avançado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *